ABL Juntos_Outubro 2018

ABL Juntos_Outubro 2018

Templos que andam

No Capítulo 7 de Jeremias temos um dos mais famosos sermões deste profeta: o Sermão do Templo. Deus ordenou a Jeremias que se postasse na porta do grande templo construído por Salomão, considerado como a glória do povo de Israel, e proferisse uma mensagem duríssima. Deus disse a Jeremias: “Põe-te à porta da casa do Senhor e proclama ali esta palavra: Ouvi a palavra do Senhor, todos de Judá que passais por estas portas para adorardes o Senhor.” (v.2). Por causa dessa palavra o profeta foi duramente perseguido, como é relatado no final do capítulo 11.
 
Por meio de Jeremias, Deus pergunta: “Por acaso furtando, matando, cometendo adultério, jurando falsamente, queimando incenso a Baal e seguindo outros deuses que não conhecestes, vireis e vos apresentareis perante mim nesta casa, que se chama pelo meu nome, e direis: Estamos seguros! Apenas para continuardes a praticar todas estas abominações? Esta casa, que se chama pelo meu nome, transformou-se num antro de ladrões?” (vs.9-11).


E adverte: “Farei a esta casa, que se chama pelo meu nome, na qual confiais, e a este lugar, que dei a vós e a vossos pais, o mesmo que fiz a Siló. E vos expulsarei da minha presença, como expulsei todos os vossos irmãos, toda a descendência de Efraim.” (vs.14,15). Deus havia destruído o templo da cidade de Siló e faria o mesmo com o de Jerusalém, profecia que foi cumprida em 586 A.C, quando os babilônios invadiram esta última.

Cinco séculos depois esse templo foi reconstruído por Herodes, o Grande, mas Deus permitiu que fosse novamente destruído, pelos romanos, em 70 D.C., para que se cumprisse a profecia de Jeremias em 31.33: “Esta é a aliança que farei com Israel depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei a minha lei na sua mente e a escreverei no seu coração.” Como dizem Estêvão e Paulo, respectivamente em Atos 7.48 e 17.24, “o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos humanas.”

Nestes tempos em que se constroem grandes catedrais para milhares de pessoas, é preciso enfatizar que o lugar em que o Senhor deseja ser adorado é o coração do homem, que foi feito por ele para ser o seu verdadeiro templo. Jesus disse à mulher samaritana: “Virá a hora, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai no Espírito e em verdade; porque são esses os adoradores que o Pai procura.” (Jo.4.23). Deus quer templos que andam, é isto que devemos ser.

Pr. Sylvio Macri
Pastor da IB Central de Oswaldo Cruz-RJ