ABL Juntos_Outubro 2018

ABL Juntos_Outubro 2018

Dia da Educação Teológica

Os batistas brasileiros separaram o terceiro domingo de novembro, creio que não tanto para comemorar, porém muito mais para refletir sobre a educação teológica. E também para renovar seu compromisso de seriedade para com essa importante tarefa e seu apoio àqueles que a ela se dedicam, tanto como docentes quanto como discentes, isto é, tanto como professores quanto como alunos.

Nos últimos tempos houve uma violenta degradação da qualidade da educação teológica no Brasil. Chegamos a tal ponto que há anúncios despudorados na Internet oferecendo cursos de Teologia a granel e a preço vil, e pode-se escolher o diploma à vontade, até mestrado e doutorado. Esta semana recebi um telefonema de alguém num Estado longínquo oferecendo um curso de Teologia com amplas facilidades, sem a presença do aluno. A pessoa que ligou, que não sei como descobriu meu telefone, me pediu que indicasse nomes, mas eu respondi que jamais indicaria a alguém esse tipo de curso caça-níqueis.

Pastores vaidosos, que pensam saber alguma coisa, fundam seminários de fundo de quintal, sem nenhuma estrutura (espaço físico, biblioteca, etc.), e até sem custo para os alunos; e estes, tolos, pensam estar aprendendo Teologia.
A quem esses professores e alunos querem enganar? Ao povo inocente das pequenas igrejas que vai ser alimentado com lixo doutrinário. Essa é a principal razão por que as igrejas batistas estão perdendo rapidamente sua identidade histórica e teológica.

Trata-se de uma ocasião oportuna para pensarmos nos rumos que a educação teológica está tomando no meio batista e de decidirmos dar uma basta a esta situação. Sugiro que comecemos por retirar nosso apoio a esses seminários de fundo de quintal. Que não enviemos a eles nossos candidatos ao ministério, que não demos cartas de recomendação para eles, e nem demos oportunidade de ensinar e pregar aos seus alunos até que se convençam a procurar uma escola séria. Mas também que estejamos dispostos a apoiar financeiramente, moralmente e espiritualmente aqueles que procuram os seminários sérios.

Que nos unamos como denominação na tarefa de recuperar e sustentar nossos grandes seminários, pois eles são cruciais para a continuidade histórica dos batistas. De nada adianta gastar tanto dinheiro em missões se não tivermos missionários bem preparados.
                                       
Pr. Sylvio Macri