ABL Juntos_Outubro 2018

ABL Juntos_Outubro 2018

Vontade de Deus

Cada vez que leio os evangelhos fico maravilhado com os ensinos de Jesus, admiro a sua dependência do Pai.

No Getsêmani um pouco antes de ser preso e levado a cruz, Jesus Cristo foi orar ao Pai para se possível passar dele o cálice.

Precisamos aprender com Jesus a aceitar a vontade de Deus em nossas vidas, ele expressa-se da seguinte forma em sua oração: “ Meu Pai, se possível, passe de mim este cálice! Todavia, não seja como eu quero, e sim como tu queres.” Mateus 26.39b e no verso 42 ele diz: “ Meu Pai, se não é possível passar de mim este cálice sem que eu o beba, faça-se a tua vontade.”

Quando Jesus ensinou os seus discípulos a orar em Mateus 6.10 ele diz: “venha o teu reino; faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu;” a oração dele traz para nós a necessidade de dependermos do Pai e aceitarmos a vontade de Deus.

A vontade de Deus deve prevalecer sempre, não podemos exigir nada.

Quando Paulo escreveu aos Romanos no capítulo 12 verso 2 ele diz: “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”

Quando entendemos que a vontade de Deus para nós é sempre boa, agradável e perfeita, nos submetemos com alegria. Deus sempre deseja o bem para os seus filhos.
Quando observamos alguns líderes do século XXI que pregam uma mensagem totalmente diferente da que Jesus ensinou, ficamos com pena dos seguidores.

Infelizmente muitos tem ensinado que é necessário exigir de Deus, ensinam que não devemos orar e usar a expressão “seja feita a tua vontade”, porque demonstra falta de fé. Quanta ignorância bíblica.

O Novo Testamento deixa bem claro que precisamos ser submissos a vontade de Deus.
Que possamos olhar e observar nas Escrituras como Jesus viveu, sua dependência do Pai em tudo, e ao ler possamos colocar em prática em nossas vidas também.

Pr. Cleverson Pereira do Valle
Primeira Igreja Batista em Artur Nogueira